Renovabio:

Para iniciar a Semana Mundial do Meio Ambiente, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), esteve presente em evento da FIESP, nesta manhã, em São Paulo, que reuniu líderes empresariais para conhecerem o programa RenovaBio e sua importância para o Brasil cumprir suas metas ambientais. O encontro foi organizado pelos Conselhos Superiores da FIESP do Meio Ambiente (COSEMA), de Infraestrutura (COINFRA) e do Agronegócio (COSAG).
 
Lançado no final de 2016, no âmbito da Conferência do Clima (COP-21), o RenovaBio é um programa do Governo Federal para expandir a produção de biocombustíveis, visando a descarbonização do transporte, com base em uma política previsível e sustentável.
 
Durante o encontro, Márcio Felix, Secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, apresentou as premissas, valores e metas do RenovaBio e reforçou a importância da próxima reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), no dia 08 de junho, para formalizar suas diretrizes estratégicas como política pública. A expectativa é de que as medidas normativas à sua implantação sejam definidas em até 120 dias para depois ser submetido à aprovação do Congresso Nacional. No entanto, o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, manifestou desejo de encurtar esse prazo para 90 dias.
 
Para a UNICA, entidade que está diretamente empenhada na construção e avanço do RenovaBio, o evento foi de extrema importância. “Precisamos engajar empresários e a sociedade nesta causa, ou seja, a descarbonização do transporte no Brasil. Estamos muito otimistas com o andamento desse programa no governo, especialmente após a reunião do CNPE. O Brasil precisa de projetos positivos que visam crescimento econômico, social e ambiental”, afirma Elizabeth Farina, presidente da UNICA.