Microgeo realiza Live sobre a produção de cana no Nordeste.

Empresa apresentará resultados para explicar como o manejo biológico está impulsionando a produtividade em regiões desafiadoras

 

 

A Microgeo, empresa 100% brasileira do setor de biológicos, realiza nesta quinta-feira, dia 15 de outubro, a Live “Produção de cana no Nordeste: Como o manejo biológico está impulsionando a produtividade em regiões desafiadoras”. O evento é gratuito, tem início às 19h e contará com a participação de Daine Frangiosi, produtor rural e diretor presidente da CanaCampo (Associação dos Fornecedores de Cana de Campo Florido/MG), do professor Emídio Oliveira, doutor em solos e nutrição de plantas, de Luiz Carlos Jatobá, engenheiro agrônomo da Usina Petribu, Hebert Del Patri, gerente da divisão de cana-de-açúcar da Microgeo, e Josias Messias, diretor da Procana Brasil, como moderador.

 

 

De acordo com Del Petri, é fato que existe um grande desafio na produção de cana-de-açúcar em clima tropical. “Fatores como a ciclagem de matéria orgânica, condições de fertilidade do solo, compactação e déficit híbrido, são determinantes da produção nestes ambientes”, explica.

 

 

A utilização da biotecnologia Microgeo nestas condições possibilita restabelecer o microbioma, trazendo benefícios na bioestruturação física do solo, eficiência nutricional e saúde ecológica do solo e planta. “Os resultados significativos alcançados nos canaviais do Nordeste e de todo o Brasil vem surpreendendo”, afirma Del Petri.

 

 

Para o moderador do evento, Josias Messias, a produção sustentável de cana-de-açúcar no Nordeste depende da aplicação de tecnologias agrícolas que permitam reduzir o estresse hídrico das plantas, garantindo a produtividade e a longevidade do canavial em condições adversas. “Nesse sentido, o restabelecimento do microbioma do solo deve ser o primeiro passo. Vamos apresentar na Live estudos e cases interessantes da tecnologia que vem apresentando ganhos excelentes em TCH e TAH na região e que merecem a atenção dos produtores nordestinos.”, afirma.

 

 

O evento é gratuito e tem como objetivo divulgar resultados que contribuem no manejo da cana-de-açúcar no Nordeste e em regiões desafiadoras, reduzindo riscos de fatores redutores de produtividade e reforçando a importância de restabelecer a saúde do solo por meio dos três elos da cadeia: produtores, consultores e pesquisadores. Para se inscrever, basta entrar no link https://bit.ly/webinar_microgeo e preencher o cadastro.

 

 

Mais informações em www.microgeo.com.br