Encontros Setoriais:

Preocupados com as ameaças que rondam o setor produtivo em meio à crise econômica, sindicatos que representam os trabalhadores do setor industrial confirmaram participação nos “Encontros Setoriais da Indústria – Compromisso com o Desenvolvimento”, que serão promovidos nas próximas semanas pelos principais sindicatos das indústrias de Mato Grosso do Sul.
 
Durante os eventos, empresários e trabalhadores terão a oportunidade de debater a geração de empregos e o aumento da produção, mantendo a competitividade das indústrias, além de discutir temas de interesse de cada segmento, tais como os caminhos para enfrentar os novos desafios, empregos e produção como base da economia, a crise e as ameaças para a indústria e produção e emprego e competitividade em risco.
 
Para o presidente da FTI-MS (Federação dos Trabalhadores da Indústria de Mato Grosso do Sul), José Roberto Silva, este é o momento de unir esforços em prol do fortalecimento do setor. “O trabalhador precisa da empresa funcionando, em dia com as contas, para manter seu emprego. Trata-se de uma via de mão dupla, em que a competitividade das empresas reflete no fortalecimento da classe trabalhadora”, relatou.
 
O presidente do Sinvest/Sidrolândia (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário, Similares e Derivados de Sidrolândia), Carlos Henrique Benites, acredita que a movimentação é fundamental para avaliar maneiras de desenvolver a atividade industrial nos seus diversos segmentos. “A partir do momento em que a crise chegou ao país, extinguiu-se qualquer possível rivalidade entre empresários e trabalhadores. É importante conversar, debater, encontrar soluções e somar esforços”, pontuou.
 
Sidrolândia
 
Uma caravana composta por empresários e representantes do poder público do município de Sidrolândia (MS) virá a Campo Grande participar do 1º Encontro Setorial, marcado para a próxima segunda-feira (13/02), às 19h30, no Edifício Casa da Indústria, promovido pelos sindicatos das indústrias do vestuário e têxtil, gráfica e de calçados. Estão confirmadas as participações do secretário municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos de Sidrolândia, Nilo Cervo, da secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Sidrolândia, Elaine Brito, e de empresários dos segmentos gráfico e vestuário na cidade.
 
“Estamos acompanhando as notícias referentes a uma possível reforma fiscal por parte do Governo do Estado e sabemos que qualquer corte de incentivo prejudicará o setor industrial. Por isso fazemos questão de participar do evento, com o objetivo de somar esforços em prol do desenvolvimento do Estado”, comentou o secretário Nilo Cervo.
 
Mais Encontros
 
Ao todo, serão realizados quatro “Encontros Setoriais da Indústria – Compromisso com o Desenvolvimento” nas seguintes datas: 13 e 20 de fevereiro e 6 e 13 de março, sempre no período noturno, a partir das 19h30, e no auditório do Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS). Os eventos são organizados pelo Sindivest/MS, Sindigraf/MS, Sindical/MS, Sinduscon/MS, Sindicer/MS, Siams, Simemae/MS, Sindepan/MS, Sindimad/MS, Sicadems, Silems, Sindiplast/MS, Sindiecol e Biosul.
 
O “1º Encontro Setorial da Indústria – Compromisso com o Desenvolvimento” será promovido nesta segunda-feira (13/02) pelos sindicatos das indústrias do vestuário e têxtil, gráfica e de calçados. Para participar dos eventos, não é necessário que os empresários se inscrevam previamente, bastando comparecer ao local na hora e na data marcada.
 
Presença
 
Segundo o presidente do Sindigraf/MS (Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado de Mato Grosso do Sul), Julião Alves Gaúna, o “1º Encontro Setorial da Indústria” servirá para discutir as demandas do empresário. “Todos os empresários das indústrias gráficas estão convidados para discutir conosco as demandas e formas de desenvolver a atividade em 2017”, declarou.
 
Já o presidente do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), José Francisco Veloso Ribeiro, ressalta que a união dos empresários é fundamental neste momento de dificuldades para o setor industrial. “Faz parte da nossa linha de atuação manter as empresas fortes e unidas para mantê-las competitivas. Por isso, o empresário deve vir discutir conosco formas de repensar o setor, que é estratégico na geração de empregos”, emendou.
 
O presidente do Sindical/MS (Sindicato das Indústrias de Calçados de Mato Grosso do Sul), João Batista de Camargo Filho, afirma que a pauta de discussão do “1º Encontro Setorial da Indústria” é imprescindível no atual cenário econômico. “Conversar com o empresário neste momento de crise é muito importante diante das dificuldades que temos enfrentado, enquanto muito estão demitindo e mudando para outros Estados”, reforçou.
 
Serviço – Os Encontros Setoriais da Indústria serão realizados sempre às 19h30 no auditório térreo do Edifício Casa da Indústria, localizado na Avenida Afonso Pena, 1.206, Bairro Amambaí, em Campo Grande (MS)