Conferência:

A Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) irá promover sua Conferência Anual, a RT13, nos dias 30 e 31 de maio, em Lille, na França. Palestrantes do mundo inteiro e os principais players da cadeia de suprimento da soja, como produtores, representantes da indústria, governos, ONGs, associações e trades se reúnem para explorar soluções práticas e novas estratégias para tornar a cadeia mundial de suprimento da soja mais responsável.
Um dos temas abordados no primeiro dia do encontro será o Cerrado brasileiro e os avanços na garantia de compromissos com o desmatamento zero e quais desafios ainda persistem. O Presidente Executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), André Nassar, será um dos palestrantes responsáveis pelo tema.
A Abiove representa as indústrias de óleos vegetais que atuam no Brasil. A entidade reúne 14 empresas associadas com características diversas: capital nacional e estrangeiro; pequeno, médio e grande portes; processadoras e exportadoras de oleaginosas; produtoras de biodiesel verticalizadas e não verticalizadas. O quadro de associados responde por, aproximadamente, 60% do volume comercializado de soja no Brasil e 30% da produção de biodiesel. A Abiove, junto com a Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais), é responsável pela implementação da Moratória da Soja na Amazônia Brasileira.
Durante o encontro, o executivo irá discutir vários aspectos da expansão da lavoura de soja no Cerrado brasileiro. “Uma das evidências que apresentarei é que o desmatamento associado à expansão da soja está caindo rapidamente. O que irá comprovar que a soja não é um vetor relevante de desmatamento no Cerrado”, observa.
Em relação ao futuro, apontará a expansão da soja no Cerrado, destacando a necessidade de  planejar a expansão futura sobre as áreas com maior aptidão produtiva e as ações que o setor tem interesse em implementar na cadeia de fornecimento: monitoramento do desmatamento legal e avaliação do cadastro ambiental rural.
André é Presidente Executivo da Abiove e especialista em temas como comércio internacional agrícola, política agrícola, biocombustíveis e sustentabilidade; tem mais de 20 anos de experiência trabalhando com associações setoriais, empresas, agências internacionais e ONGs. É formado em Engenharia Agronômica pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre e doutor em administração, também pela USP.