BR é selecionada para índice de sustentabilidade de 2021 da Bolsa.

 

 

Durante a pandemia de coronavírus, a BR se preocupou em alavancar iniciativas que pudessem minimizar os impactos socioeconômicos provocados pelo Covid-19

 

 

A BR Distribuidora foi selecionada para participar na Carteira 2021 do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3), ferramenta para análise comparativa da performance das empresas listadas na Bolsa de São Paulo (B3) sob o aspecto da sustentabilidade corporativa, baseada em eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa. Este é o segundo ano consecutivo que a BR é selecionada para compor a carteira do ISE.

 

 

O objetivo do ISE B3 é apoiar os investidores na tomada de decisão de investimentos socialmente responsáveis e induzir as empresas a adotarem as melhores práticas de sustentabilidade empresarial, com base nas melhores práticas ESG, sigla em inglês para padrões ambientais, sociais e de governança, que ganha cada vez mais visibilidade no Brasil.

 

 

Com esse indicador, a BR mostra que está empenhada em manter um elevado nível de compromisso com o desenvolvimento sustentável, equidade, transparência e prestação de contas, natureza do produto, além do desempenho empresarial nas dimensões econômico-financeira, social, ambiental e mudança do clima.

 

 

Desde 2017, quando entrou para o mercado, a BR investe em uma agenda para atender as melhores práticas de sustentabilidade empresarial, com base nos temas da Matriz de Materialidade da companhia e nas metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.

 

 

“A sustentabilidade, a responsabilidade social e a governança são valores fundamentais para a BR. Nossa maior preocupação está em prestar um serviço de excelência com o menor impacto em toda a cadeia. Receber esse reconhecimento, mais uma vez, demonstra que estamos no caminho certo”, afirma Rafael Grisolia, presidente da BR.

 

 

A nova carteira 2021 ISE B3 reúne 46 ações, de 39 empresas de 15 setores. Juntas, as companhias somam R﹩ 1,8 trilhão em valor de mercado, 38% do total do valor de mercado das companhias com ações negociadas na B3, com base no fechamento de 25 de novembro.

 

 

Uma jornada sustentável

 

 

O empenho da BR com as melhores práticas de sustentabilidade também foi reconhecido no mercado Europeu, com a inclusão no FTSE4Good, índice que avalia práticas ambientais, sociais e de governança corporativa criado pela FTSE – Financial Times Stock Exchange Russell, uma divisão da bolsa de valores de Londres.

 

 

Durante a pandemia de coronavírus, a BR se preocupou em alavancar iniciativas que pudessem minimizar os impactos socioeconômicos provocados pelo Covid-19 junto aos seus públicos de relacionamento, como o apoio aos revendedores para a sustentabilidade do negócio nos meses mais críticos da crise.

 

 

Além disso, a BR realizou ações voltadas aos caminhoneiros, como consultas médicas online, doação de álcool em gel, distribuição gratuita de refeições e bônus em diesel. Também doou combustível para a frota a serviço da Fiocruz e da Cruz Vermelha Brasileira e também para voos da Força Aérea Brasileira em missões humanitárias, em todo o Brasil.

 

 

Conscientização da cadeia produtiva

 

 

O relacionamento da BR Distribuidora com a sociedade é pautado pelo respeito aos direitos humanos e ao meio ambiente, pela responsabilidade no engajamento com as comunidades nos locais onde atua e pela atenção à sustentabilidade do negócio, que inclui a transição para uma matriz energética de menor impacto socioambiental.

 

 

Em 2019, a BR avançou com iniciativas de redução das emissões de gases de efeito estufa, redução dos impactos socioambientais da sua infraestrutura, geração de impacto positivo na mobilidade das pessoas e ampliação do uso de energias renováveis.

 

 

Em 2019, a BR realizou, na sede no Rio de Janeiro, o primeiro Fórum de Sustentabilidade BR. Com o evento, a companhia buscou sensibilizar parceiros, fornecedores, clientes e colaboradores sobre os mais diversos temas contidos no conceito de sustentabilidade, orientados pelos compromissos de Agenda de Sustentabilidade.

 

 

O desempenho ambiental da empresa é aprimorado buscando a redução do uso dos recursos naturais, a gestão de recursos hídricos, efluentes e água potável, a minimização da geração de resíduos sólidos e emissões atmosféricas, a prevenção de impactos à biodiversidade e o transporte ecoeficiente dos produtos.

 

 

A manutenção do compliance ambiental, com o monitoramento das licenças e demais autorizações legais referentes ao meio ambiente, também é uma prioridade da empresa.

 

 

Os parceiros são fundamentais ao negócio da BR. Para que eles possam constar no cadastro da companhia, as empresas fornecedoras precisam concordar com um Termo de Responsabilidade Social, que contempla temas relacionados a práticas trabalhistas e direitos humanos, tais como proibição de trabalho infantil e de trabalho forçado (análogo à escravidão ou em condições degradantes), liberdade de associação e negociação coletiva e coibição de discriminação de gênero, raça, religião ou orientação sexual.

 

 

Esses fornecedores também precisam seguir o Código de Ética, o Guia de Conduta e a Política de Responsabilidade Social da BR, todos temas importantes na política de responsabilidade social da companhia.

 

 

Ela inclui o compromisso de identificar e tratar os riscos sociais envolvidos nas atividades da empresa, a integração de questões socioambientais na gestão e na estratégia, o desenvolvimento de programas e projetos de cunho social e ambiental e a prontidão para atuar em potenciais emergências ou crises junto às comunidades.

 

 

Não à toa, em 2019 a BR foi premiada com o AMPRO Globes pela Campanha de Equidade de Gênero, com o Melhor Projeto de Responsabilidade Social/Educacional, promovendo a conscientização sobre micromachismo em ambiente corporativo. A campanha foi aprovada por 80% dos colaboradores da BR.

 

 

Diálogo com populações do entorno das atividades

 

 

A BR busca também manter um diálogo transparente com as populações que vivem no entorno de suas operações, com ênfase nas comunidades próximas à sede no Rio de Janeiro e à fábrica de lubrificantes, no município de Duque de Caxias (RJ).

 

 

A companhia realiza ações em parceria com escolas, associações comunitárias e organizações locais dos setores público e privado. Além disso, mantém um canal de diálogo aberto com as comunidades por meio do SAC e da Ouvidoria que também recebem manifestações desses públicos.

 

 

A BR escolheu a parceria com o Circo Crescer e Viver como principal investimento social privado (ISP) de 2019. Localizado nas proximidades de nossa sede, no bairro Cidade Nova, o Circo mantém uma escola de artes circenses voltada a crianças e jovens de 7 a 24 anos, majoritariamente oriundos de comunidades carentes.

 

 

O Circo tem sido um importante parceiro nas ações de desenvolvimento do território da Cidade Nova. Durante a pandemia de Covid-19, a BR viabilizou, em conjunto, a distribuição de cestas básicas em forma de cartões-alimentação para os moradores em situação de maior vulnerabilidade social, e de materiais de higiene e limpeza para as organizações sociais que operam no nosso entorno.

 

 

Dentro do projeto também foram contratados(as) e capacitados(as) agentes comunitários(as) locais para apoiar e orientar moradores a se protegerem e prevenirem do contágio do vírus.Dentro do projeto também foram contratados(as) e capacitados(as) agentes comunitários(as) locais para apoiar e orientar moradores a se protegerem e prevenirem do contágio do vírus.

 

 

Foto divulgação: Meio Ambiente Rio