USP de Piracicaba faz diagnósticos de COVID-19 para trabalhadores do agronegócio.

 

 

A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) e o Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena), ambos da Universidade de São Paulo (USP), em Piracicaba (SP), realizam diagnósticos da COVID-19 em trabalhadores do agronegócio, principalmente das linhas de produção e distribuição de alimentos.

 

 

A parceria entre a Esalq e o Cena foi viabilizada pela Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq).

 

 

A campanha, batizada de “Fealq Pela Vida”, também capta recursos para exames de pacientes da rede pública de saúde, envolvendo prefeituras e outras unidades da USP e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Pecuária Sudeste.

 

 

Com capacidade para realizar até 570 testes diários em três laboratórios, o objetivo da iniciativa é contribuir para a segurança das pessoas que atuam no setor e garantem o abastecimento a toda a população, além de ajudar a desafogar a demanda por exames na rede pública.

 

 

Para que as instituições de ensino e pesquisa possam oferecer o serviço para a iniciativa privada, associações e prefeituras, a Fealq formaliza e garante a legalidade dos contratos entre os laboratórios e as organizações que precisam dos diagnósticos.

 

 

Os exames de COVID-19 são viabilizados de duas formas. Uma delas é a contratação do “Teste Solidário”, modalidade em que a organização interessada adquire a quantidade necessária de diagnósticos para seus colaboradores e doa um percentual para testes de pacientes da rede pública, selecionados pelas secretarias de saúde dos municípios indicados.

 

 

A outra forma de colaborar é por meio da doação de recursos à Fealq, uma entidade sem fins lucrativos, que faz o repasse para os laboratórios. O doador também poderá direcionar sua contribuição a uma das instituições participantes.

 

 

Mais detalhes sobre as duas formas de colaboração pelo site da campanha.

 

 

Além do laboratório coordenado por pesquisadores da Esalq e do Cena, também participa do projeto a unidade da Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos (SP). A Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP, em Pirassununga (SP), já realiza exames a preço de custo para prefeituras paulistas, também em parceria com a Fealq.

 

 

foto: Fabiano Pereira/Fealq)

 

 

*Com informações da Divisão de Comunicação da Esalq-USP.