Qualidade:

Licenciada da marca Shell no Brasil, a Raízen obteve ao final do primeiro semestre de 2017, o melhor resultado de qualidade dos combustíveis comercializados no Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis – PMQC, instituído em 1998 pela ANP para avaliar o combustível que sai da bomba para os motores do país.  Assim a Raízen consolida o topo do ranking do Programa de Qualidade da ANP.
 
O PMQC tem periodicidade mensal é feito por agentes da ANP que coletam amostras de gasolina, etanol hidratado e diesel em postos revendedores escolhidos por sorteio. As amostras são analisadas em relação a diversos parâmetros técnicos no Centro de Pesquisas e Análises Tecnológicas da ANP e nos laboratórios de universidades e instituições de pesquisa contratados pela agência. A Raízen registrou 98,8% no nível de conformidade de combustíveis automotivos, liderando o quesito de qualidade na indústria de distribuição ficando à frente dos principais concorrentes do mercado.
 
“Garantir a qualidade de nossos produtos é prioridade dentro da Raízen. Nossas operações são focadas em excelência operacional e trabalhamos com foco primordial no atendimento aos clientes. Além disso, segurança é pilar número um da cultura da companhia e está no topo da nossa agenda.”, diz Luiz Renato Gobbo, diretor de Operações da Raízen, que nesta semana realizou a edição 2017 do evento anual chamado 100% Qualidade em todos os seus 67 terminais de distribuições de combustíveis pelo Brasil, esclarecendo dúvidas de revendedores para consolidar suas práticas e políticas de controle de qualidade no mercado, com a participação de Revendedores Shell, representantes da ANP, sindicatos da revenda, laboratórios, SEFAZ, entre outros.