Polícia Ambiental de Costa Rica e Cassilândia autuam empresa e apreende bitrem com carga de madeira ilegal.

 

 

Durante fiscalização na rodovia MS 306 no município de Costa Rica, na região de divisa com Mato Grosso e Goiás, Policiais Militares Ambientais de Costa Rica e Cassilândia, que realizam operação conjunta dentro da Operação Hórus, abordaram hoje (11) pela manhã, um caminhão tractor com carreta bitrem acoplada e aprenderam uma carga irregular de madeira.

 

 

O veículo, que fazia o percurso de onde foi carregado em Caracaraí (RR) e seguia para a cidade de Adamantina (SP) transportava 42 m³ de madeira serrada da espécie cupibúba e o Documento de Origem Florestal (DOF) não constava o itinerário de deslocamento, o que torna sem valor o documento. Essa exigência no documento ambiental de transporte é obrigatória e sua falta constitui-se em crime e infração administrativa. A identificação do itinerário serve para evitar que se retirem madeiras ilegais de outros locais com o mesmo documento.

 

 

O caminhão e a madeira pertencente a uma empresa de Caracaraí (RR) foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, juntamente com o motorista e os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção. A empresa infratora também foi autuada administrativamente e multada em R$ 12.700,00.