Parceria:

Nesta terça-feira (24/01), pela manhã, o diretor superintendente do Sebrae no MS, Cláudio Mendonça, se reuniu com o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad e secretários municipais para apresentar os resultados de 2016 e alguns projetos a serem desenvolvidos pela instituição este ano na Capital. A reunião aconteceu no Sebrae.
 
Campo Grande possui mais de 90 mil empresas ativas, destas mais de 90% são de pequenos empreendimentos. Na reunião, o diretor da entidade de apoio às micro e pequenas empresas salientou que o trabalho em parceria com instituições e governos favorece a criação de um ambiente de desenvolvimento aos pequenos negócios. “O incentivo à grande empresa é importante porque traz capital novo e movimenta a economia, mas é o pequeno negócio que fixa e distribui renda. A parceria com a Prefeitura é necessária para fortalecer o empresariado, contribuindo com o desenvolvimento do município”, disse.  
 
Mendonça destacou os três pilares de atuação do Sebrae: Ambiente Favorável, Educação Empreendedora e Atendimento Empresarial. Entre as ações apresentadas por ele e que devem contar com a parceria da Prefeitura estão o apoio à  Redesimples, que facilita o processo de abertura, alteração e baixa de empresas; a criação de Salas do Empreendedor nos bairros para que o atendimento alcance regiões mais afastadas do centro; a elaboração e divulgação do plano anual de compras do município; o cumprimento legal do mínimo de 30% de alimentos da agricultura familiar nas compras governamentais para a merenda escolar e o estímulo para que o empreendedorismo seja usado como exemplo pelos professores em salas de aula. No ano passado, a entidade atendeu a mais de 15 mil empresas em Campo Grande. A expectativa para este ano é realizar mais de 30 mil atendimentos a empreendedores. 
 
O prefeito Marcos Trad falou que sua administração pretende contribuir com a promoção da cultura do empreendedorismo. “Campo Grande só vai voltar a crescer com uma educação empreendedora. Vamos elencar as prioridades e ver o que podemos buscar nesta parceria”.
 
Durante a reunião, o Sebrae também apresentou projeto de inovação da Feira Central e Turística de Campo Grande para impulsionar os pequenos negócios existentes no local responsáveis pela geração de 1.100 empregos diretos.