Nuvem de gafanhotos preocupa novamente agricultores do Sul do Brasil

 

 

No mês de junho uma grande nuvem de gafanhotos se formou no Paraguai e avançou por outras áreas da América do Sul. Isso foi motivo de preocupação também para os brasileiros, principalmente para os agricultores do Sul do país, já que a praga se deslocou rapidamente pelo território Argentino, e na ocasião, com risco real de alcançar o território brasileiro, o que poderia resultar na destruição de lavouras e pastagens. No entanto, a boa notícia foi que a chuva e o frio afastaram a nuvem de gafanhotos do Brasil naquele período.

 

 

Porém, os noticiários dos últimos dias, voltaram a informar que a praga preocupa novamente os agricultores da Região Sul. Uma segunda nuvem de gafanhotos está se deslocando pela Argentina. Por enquanto, essa nuvem não traz grandes ameaças para o Brasil, mas é necessário monitorar, já que desta vez, as condições do tempo não são favoráveis para o afastamento dos gafanhotos.

 

 

Condições do tempo

 

 

bloqueio atmosférico que está impedindo a entrada de instabilidades no Brasil, está mantendo o Sul do Brasil muito seco e quente. Os próximos dias da semana ainda serão marcados por estas condições do tempo. O tempo só deve começar a mudar a partir de quarta-feira na Região.

 

 

Segundo informações do agrometeorologista João Castro, da Climatempo, esses insetos, em sua maioria, gostam de calor e tempo seco. Portanto, os produtores rurais devem se manter atentos nos próximos dias. A Climatempo vai monitorar ao longo da semana, trazendo notícias atualizadas das condições do tempo para o Sul do Brasil.