MILHO/CEPEA:

 O aumento da demanda e a resistência de produtores em negociar têm elevado os preços de milho na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea – principalmente no mercado disponível (negociações entre empresas).
O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas/SP) fechou a R$ 27,96/saca de 60 quilos na sexta-feira, 18, o valor mais alto desde 19 de maio deste ano (em termos nominais), e elevação de expressivos 6,2% entre 11 e 18 de agosto.
Nesse contexto, compradores domésticos e exportadores acabaram tendo de elevar suas ofertas para efetivar negócios, influenciando, inclusive, no aumento dos prêmios de exportação, para compensar as baixas na Bolsa de Chicago (CME Group) e da taxa de câmbio. 
 
 Cepea