Mato Grosso do Sul:

Durante fiscalização em bloqueio na rodovia BR 262, na altura do km 4 no município, Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas apreenderam ontem (29) dois veículos transportando combustível (produto perigoso) ilegalmente. Um dos veículos, um cavalo tractor acoplado a uma carreta do tipo tanque bitrem, transportava 60 mil litros de etanol (produto perigoso) com a licença ambiental que permitiria o transporte vencida. A carga e o veículo pertenciam a uma empresa de transporte de derivados de petróleo de Rio Claro (SP). O veículo e o combustível foram apreendidos.
Pelo mesmo motivo, outra empresa com domicílio jurídico em Campo Grande teve 60 mil litros de etanol e um veículo tractor com carreta tanque bitrem apreendidos.
As empresas transportadoras de derivados de petróleo foram autuadas administrativamente e multadas em R$ 30.000,00cada uma.
O produto perigoso e os veículos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas. Os responsáveis pelasempresas responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses. Também poderão responder por crime ambiental de transporte ilegal de produto perigoso, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão.