John Deere é eleita umas das melhores empresas para trabalhar no agronegócio

Ranking da consultoria GPTW, em parceria com ABAG e revista Globo Rural, avaliou mais de 111 empresas do mercado.

 

 

A John Deere Brasil foi reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar no agronegócio. O ranking, parceria da revista Globo Rural com a consultoria Great Place To Work (GPTW) e Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), avaliou 111 empresas inscritas em aspectos como oportunidade de crescimento, qualidade de vida, remuneração, equidade de gênero e feedbacks dos gestores.

 

 

“Sem dúvida esse reconhecimento demonstra o compromisso e o esforço da organização para construir um ambiente de trabalho diverso, inclusivo e colaborativo. Numa visão mais ampla, é uma contribuição fundamental para um setor-chave da economia brasileira, que vem passando por transformações importantes em termos tecnológicos e sociais”, celebra Wellington Silvério, diretor de recursos humanos da John Deere para América Latina.

 

 

Para Silvério, o propósito da área de RH para América Latina é liderar a transformação organizacional por meio de soluções ágeis, inovativas e colaborativas, em um ambiente diverso e inclusivo. “Atualmente, a necessidade para transformação é imediata. Mesmo assim, as empresas podem optar ou não por fazer essa mudança. Na John Deere, acreditamos que ela deve ser um processo contínuo para criar um ambiente onde as pessoas realmente possam experimentar o seu melhor dentro do trabalho. O nosso propósito é bem alinhado com esse momento”, ressalta.

 

 

A John Deere Brasil possui mais de cinco mil funcionários distribuídos em nove unidades entre fábricas, escritórios e centros de treinamento, distribuição de peças e de Agricultura de Precisão e Inovação.

 

 

Foto divulgação: Facebook