Irrigação para mudas pré-brotadas.

 Daniel Botelho Pedroso

 A tecnologia conhecida como MPB (Mudas Pré-Brotadas), é caracterizada como um sistema de multiplicação de cana de açúcar, que tem como princípio o plantio de plântulas, garantindo assim mudas de origem conhecida, saudáveis, livres de pragas e doenças.

 

 

No entanto, por se tratar de uma planta já pré-desenvolvida, ela não contém nenhuma estrutura de reserva e por isso, é extremamente sensível ao déficit hídrico. Desta maneira, para o estabelecimento da cultura é necessário que se faça o uso de algum método de irrigação, conforme gráfico abaixo:

Fonte: IAC, 2019 Apresentado no Encontro do Grupo Fitotécnico de Cana de Açúcar

 

 

O sistema de irrigação por gotejamento vem para atender essa demanda, fornecendo água e nutrientes de maneira pontual às mudas pré-brotadas. Em relação a lâmina de água, o fator é variável pois depende da textura do solo, clima e época de plantio. Cada local possui sua “receita”, sendo que até o presente momento não há nenhum estudo conclusivo sobre esse tema. No entanto, para a realização do estabelecimento da cultura a lâmina pode chegar até 40 mm, sendo realizada em até 4 aplicações.

 

 

Com a introdução da MPB ressurgiram dois sistemas de plantio conhecidos como cantose e meiosi. Na cantose, os viveiros são cultivados em um canto do talhão, aproximadamente 20% da área que será reformada. A muda vai sendo cultivada no mesmo local que será depois desdobrada para compor o talhão de cana. 

 

 

Já na meiosi (Método Interrotacional Ocorrendo Simultaneamente) + MPB, planta-se uma ou duas linhas de mudas pré-brotadas numa área de reforma de canavial e deixa-se um espaço entre as linhas, que será plantado com alguma cultura de interesse econômico, podendo ser soja, amendoim ou adubos verdes. Após a colheita dessa lavoura, as linhas de cana serão cortadas e desdobradas nessa área adjacente. Intercalar culturas com o canavial reduz custos e melhora a eficiência da reforma, além de ser uma alternativa ao plantio mecanizado.

 

 

As linhas de MPB no sistema de meiosi deverão ser irrigadas para o estabelecimento das plantas e rápido crescimento, pois dessa irrigação dependerá a taxa de multiplicação. Em geral, em 1 linha de cana se dá a multiplicação suficiente para 8 ou 10 linhas de cana, mas existem relatos de taxas muito maiores, como 1:40. 

 

 

A Netafim, pioneira em tecnologia de irrigação por gotejamento, desenvolve projetos personalizados para atender a demanda dos clientes. E para irrigação do MPB, independente se plantado no sistema de cantose ou meiosi, ela oferece kits móveis de irrigação. Eles são compostos por uma unidade móvel de bombeamento (motobomba a diesel), filtros manuais de disco, tubulações flexíveis, flex net e tubos gotejadores de parede média. 

 

 

Figura 02. Layout de irrigação localizada em cantosi  

 

 

Figura 03. Layout de irrigação localizada em meiosi

 

 

Figura 04. Fotos de um sistema de irrigação por gotejamento móvel para MPB

 

 

 Daniel Botelho Pedroso é Especialista Agronômico Netafim

 

 

Foto capa: Revista Irrigazine