IHARA lança Projeto Satô para gestão das aplicações de maturadores em cana-de-açúcar.

Feito em parceria com a Perfect Flight e Sabri – Sabedoria Agrícola, o programa tem como objetivo permitir o compartilhamento de informações técnicas para melhor gestão produtiva do canavial.

 

 

Lançado ao público recentemente, o Projeto Satô une empresas e startup que visam ampliar os resultados da safra de cana-de-açúcar por meio da união de seus serviços. Com o maturador da IHARA, que oferece ação rápida e eficaz na gestão do processamento e aumento na produção de toneladas de açúcar por hectare (TAH), a clínica de aeronaves Do Pro, que faz parte da Sabri – Sabedoria Agrícola, e os serviços de gestão de pulverização de defensivos agrícolas aéreos da Perfect Flight, o produtor terá resultados e acompanhamento eficazes na sua produção.

 

 

Além disso, os principais objetivos do projeto são: ampliar o conhecimento dos clientes sobre o uso de maturadores na cana, capacitando a equipe técnica das usinas, os produtores e os distribuidores, além de oferecer os serviços de gestão de aplicação aérea e clínica de aeronaves.

 

 

“O Projeto Satô traz diferentes ações e serviços e com o qual será possível contabilizar os resultados na propriedade. Na IHARA, teremos a possibilidade de oferecer aos participantes workshops, cursos e palestras sobre a maturação, além de visitas técnicas dos profissionais, explicando no campo todos os benefícios”, conta Gustavo Canato, gerente de marketing de cana da IHARA.

 

 

Canato explica ainda que a iniciativa busca atender à necessidade de ferramentas tecnológicas integradas para aumentar a precisão no campo. Dessa forma, os produtores terão dados organizados, gerando informações para que os gestores tomem decisões, para obter melhores resultados no manejo da colheita da cana e economia de insumos: “Essa nova plataforma de atendimento visa oferecer excelência ao agricultor e condições de aplicar o produto com eficiência para garantir o melhor resultado.”

 

 

Para participar, o produtor e as usinas, ao adquirirem o Riper, maturador da IHARA, preenchem alguns requisitos de interesse para poder ter acesso ao projeto e receber os serviços, como o de inteligência da Perfect Flight. “Disponibilizamos nosso produto com mapeamento e georreferenciamento das áreas onde serão aplicados os defensivos agrícolas. Dentro da nossa plataforma, o cliente ainda pode fazer a gestão completa da aplicação, inclusive escolhendo o dia e hora mais favoráveis, além de preservar as áreas do entorno com maior segurança e precisão”, explica Leonardo Luvezuti, gestor de operações da Perfect Flight.

 

 

Outro serviço importante oferecido é a Clínica de Aeronaves da Do Pro, que faz parte da Sabri – Sabedoria Agrícola. Eles analisarão todas as condições do avião para fazer uma pulverização correta e assertiva. “Nós atuamos diretamente no campo para garantir que o avião responsável pela aplicação opere com eficácia e utilize todas as ferramentas oferecidas pela startup de gestão de pulverização área para que o trabalho tenha êxito”, explica Henrique Campos, consultor e pesquisador na empresa.

 

 

Segundo Leonardo Luvezuti, a tecnologia está cada vez mais presente no campo, “Nós sempre buscamos uma forma de oferecer um serviço completo, integrando soluções por meio de parcerias consistentes e potenciais para maior assertividade e ganhos produtivos”, reforça.

 

 

Para saber mais sobre o Projeto Satô, assista ao webinar sobre Atualidades na Maturação da Cana realizado pela IHARA por meio deste link. Além disso, para manter o agricultor sempre bem informado, a empresa também realizou um evento sobre Tecnologia Aplicada na Maturação da Cana. Para assistir, basta clicar neste link .