Geração de energia:

O Dia de Mercado da Silvicultura, que acontece no dia 1º de junho, em Campo Grande (MS), traz para o debate a viabilidade técnica e econômica da biomassa de eucalipto para a geração de energia.
 
O evento é promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MS) e com a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL).
 
Um dos palestrantes é o produtor rural e empresário do Setor de Energia Paulo Moraes. Segundo ele, a biomassa da árvore se torna a melhor alternativa para o setor florestal e para geração de energia no país, pois além de possuir todos os atributos das fontes térmicas estruturantes, com características economicamente competitivas, a grande base florestal disponível no Brasil permitirá regular os níveis de nossos reservatórios, minimizando riscos futuros de desabastecimento energético por escassez hídrica.
 
“Abordarei aspectos comparativos com as diversas fontes geradoras de energia, em especial as renováveis, com foco na geração de energia com biomassa de eucalipto. Também falarei do resultado do trabalho junto ao Ministério de Minas e Energia para inclusão desta fonte geradora no Plano Decenal de Energia”, disse Paulo.
 
O objetivo do Dia de Mercado é difundir informações técnicas e gerenciais a produtores de florestas plantadas, a fim de aumentar as margens de lucro da atividade e apresentar sugestões de melhoria nos processos de gestão da propriedade.
 
Dia de Mercado de Silvicultura
Data: 1º de Junho de 2017
Local: (Auditório FAMASUL) Rua Marcino dos Santos, 401 – Bairro Cachoeira 2 – Campo Grande/MS
Horário: 13h30 às 18h