Famasul inaugura Bosque 40 Anos.

A Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS inaugurou, nessa sexta-feira (27), o ‘Bosque Famasul 40 anos’, com a finalidade de proporcionar um espaço coletivo de lazer e aprendizado ambiental na Capital sul-mato-grossense.
 
A iniciativa compõe parte das comemorações dos 40 anos da instituição.  O espaço tem 8 mil metros quadrados e está localizado no Parque das Nações Indígenas que, junto ao Parque dos Poderes, Parque do Sóter e Prosa, forma uma das maiores áreas verdes urbanas do mundo.
 
“Esse momento simboliza as ações da Famasul com os sindicatos rurais que visam, mais que o compromisso de produção, a preservação do meio ambiente e sustentabilidade, reforçando a responsabilidade social do setor em MS. Isso é possível, graças ao compartilhamento de conhecimento, acesso à educação, desenvolvimento de pesquisas e a união com parceiros que possuem os mesmo ideais que aqui estão”, declarou o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito.
 
O bosque é uma ação da Federação e do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, com a parceria do Governo do Estado No bosque estão plantadas 80 mudas, entre elas o ipê rosa, árvore símbolo do estado, e outras espécies nativas do cerrado.
 
O chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Roney Mamed, apontou a importância da iniciativa: “a nossa missão de desenvolver soluções para a sustentabilidade no Agro só é possível com o auxílio dos produtores, pois a pesquisa científica começa e termina na propriedade rural. A Embrapa e a Famasul são parceiros de longa data e que contribuem para a inovação e geração de informações.”
“O plantio dessas árvores no parque nos deixa contente, não apenas como representantes, mas principalmente como usuários desse local que é tão marcante para Campo Grande, para quem mora ou visita aqui”, disse a gerente de Desenvolvimento do Imasul – Instituto de Meio Ambiente de MS, Thaís Caramori, que na ocasião representou o Governo do Estado.
 
Estiveram presentes na cerimônia o vice-presidente do Sistema Famasul, Nilton Pickler; o diretor tesoureiro,  Luis Alberto Moraes Novaes; a 2ª diretora tesoureira, Thaís Carbonaro Faleiros Zenatti; o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; o diretor técnico do Sistema Famasul, Renato Roscoe; o diretor administrativo e financeiro, Clodoaldo de Oliveira Junior; o assessor da Comissão de Assuntos Fundiários da CNA, Ciro Siqueira; e o superintendente estadual do Ministério do Trabalho e Emprego, Vladimir Struck.
 
Participaram, também, os presidentes dos  Sindicatos Rurais dos seguintes municípios: Anastácio, Moezis José dos Santos; Aparecida do Taboado, Eduardo Antônio Sanchez; Aral Moreira; Batayporã, Altamir José Fonseca; Bela Vista, Leandro Melo Acioly; Bonito, Elza Maria Trevelin; Campo Grande, Ruy Fachini Filho; Douradina, Claudio Pradella; Dourados, Lúcio Damalia; Fátima do Sul, José Ricardo Casotti; Itaporã, Otávio Vieira Mello; Ivinhema e Novo Horizonte do Sul, Edy Elaine Biondo Tarrafel; Jateí, José Pereira da Silva; Nova Andradina, Hemerson Israel dos Santos; Paranaíba, Nilo Alves Ferraz; Tacuru, Maria Neide Casagrande Munaretto; Três Lagoas, Marco Garcia de Souza; e de Vicentina, Valter Dalla Valle, além de outras lideranças rurais.
 
Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.
 
O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.