Esalq estimula empreendedorismo agro e realiza programa de aceleração com universitários.

Acelera Esalq distribuirá R$ 20 mil aos melhores colocados, terá encontros on-line de setembro a dezembro e envolve jovens de sete estados

 

 

A partir do próximo sábado (19/9), 100 universitários, reunidos em 25 equipes de várias partes do País – São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul, DF, Paraná e Rio de Janeiro – participam do Acelera Esalq.

 

 

A iniciativa é um treinamento aprovado como Programa de Atualização pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo (USP) e propõe uma experiência de inovação e empreendedorismo para jovens universitários de escolas públicas e privadas. A programação terá seu encerramento em dezembro, contemplando oito encontros on-line, totalizando 32 horas de carga horária. Durante a programação, os participantes manterão relacionamento com pesquisadores e representantes do setor envolvidos com inovação e tecnologia direcionados ao setor agrícola. Na programação, serão compartilhados conceitos sobre modelos de negócio, novas metodologias, visão empreendedora, propriedade intelectual, modelos de financiamento, prototipagem, marketing e competências para o pitch perfeito. No final haverá apresentação e premiação das startups com a participação de uma banca de especialistas composta com representantes de renomadas empresas e da academia. Serão distribuídos R$ 20 mil às melhores equipes, sendo R$ 10 mil (1º colocada), R$ 6 mil (2º colocada) e R$ 4 mil (3º colocada).

 

 

“O Acelera Esalq é um programa que selecionará ideias inovadoras para problemas do agronegócio brasileiro. As equipes terão contato direto com os principais nomes do ecossistema de inovação do agro, além de professores da Esalq/USP”, frisou o diretor da Esalq, professor Durval Dourado Neto.

 

 


Personalidade empreendedora – Segundo o professor Fábio Marin, coordenador do projeto na Esalq, a intenção é possibilitar aos jovens inscritos uma educação corporativa, apresentando o processo de inovação afim de estimular a personalidade empreendedora.

 

 

“As atividades pretendem despertar os alunos para o processo de inovação antes de partirem para a abertura de uma startup. Piracicaba é o vale do agro brasileiro e o nosso papel, enquanto universidade, é proporcionar essa formação interna e o diálogo com os hubs de inovação instalados no município”, disse.

 

 

Os estudantes que participam do Acelera Esalq participaram de uma seleção inicial. Cerca de 250 inscritos, oriundos de 41 instituições de ensino superior estavam inscritos e uma triagem realizada por especialistas definiu os 100 melhores. E os escolhidos darão ao processo um caráter multidisciplinar, uma vez que participaram da seleção estudantes das mais diversas áreas do conhecimento, como Ciências Agrárias, Administração, Engenharias, Sistemas de Informação, Química, Relações Internacionais, Direito, Design, Biomedicina, entre outras.

 

 

O Programa Acelera Esalq é uma iniciativa que integra as ações do Centro de Inovação para Agricultura China-Brasil, fruto da parceria entre a Esalq/USP, China Agricultural University (CAU) e Hainan University.  O Programa Acelera Esalq é uma iniciativa que integra as ações do Centro de Inovação para Agricultura China-Brasil, fruto da parceria entre a Esalq/USP, China Agricultural University (CAU) e Hainan University.  O acordo fortalece a A5 Alliance, que reúne as cinco escolas mais bem ranqueadas na área de Ciências Agrárias pelo ranking da US News Report, contemplando, além da Esalq/USP e da China Agricultural University (uma das parceiras da Hainan University), a holandesa Wageningen University e as norte-americanas Cornell University e University of California-Davis.

 

 

A 1.ª edição do Programa conta com o patrocínio da Mosaic, da Bayer e o apoio da Fealq, EsalqTec, Pecege, WBGI, Solidaridad Brasil e Sebrae.

 

 

Mais informações em: 

http://www.centrodeinovacao.esalq.usp.br/acelera-esalq-usp