Energia Solar deverá crescer quatro vezes nos próximos dez anos.

 

 

De acordo com informações do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2019-2029), divulgada em fevereiro pelo MME (Ministério de Minas e Energia), a capacidade instalada de placas solares no Brasil deverá crescer quatro vezes nos próximos dez anos.

 

 

Somente o segmento de geração distribuída deverá saltar dos atuais 2 GW (Gigawatts) para 11 GW, impulsionado pela queda de preços dos sistemas fotovoltaicos. Além disso, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), até o final de 2020, mais de 16,4 bilhões de reais deverão ser investidos na instalação de sistemas solares fotovoltaicos para atender inclusive comércios e indústrias brasileiras.

 

 

De olho nesse crescimento, a Ledax, empresa que oferece soluções em economia de energia com iluminação LED e geração de energia fotovoltaica para clientes corporativos, desenvolveu a divisão Ledax Energy Solutions no início de 2019, com o objetivo de gerar energia limpa e sustentável a baixo custo por meio de sistemas fotovoltaicos para pequenas e médias empresas.

 

 

Segundo Rodrigo Travi, CEO da Ledax, as PMEs que gerarem sua própria energia poderão reduzir em até 95% a sua fatura, ficando livres de variações tarifárias de energia. Além disso, sua implementação permite ter um retorno no investimento de, em média, três anos.