Eldorado Brasil divulga Relatório de Sustentabilidade.

Documento foi produzido de acordo com a metodologia Standards, modalidade Essencial, da Global Reporting Initiative (GRI)

 

 

A Eldorado Brasil publicou nesta semana a nova edição do Relatório de Sustentabilidade. O documento relata as principais ações realizadas pela companhia ao longo de 2019. Entre os destaques desta edição está o avanço nas melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG na sigla em inglês para Environmental, Social and Corporate Governance).

 

 

Com resultados expressivos nas operações, bases sólidas na gestão de práticas sustentáveis de manejo florestal, processos industriais e de logística, a Eldorado Brasil conquistou avanços significativos para seu desempenho. O destaque foi a conquista, junto ao governo de Mato Grosso do Sul, de um nova Licença de Operação, que autoriza a companhia a expandir a capacidade produtiva da planta industrial para 1.830.508 toneladas de celulose por ano. Esse documento permite que a fábrica, instalada no município de Três Lagoas, opere com uma capacidade superior sem causar prejuízos ao meio ambiente.

 

 

Em 2019, o complexo industrial bateu recorde de produção de celulose, de 1,786 milhão de toneladas – 4% a mais que em 2018 e 19,1% acima da capacidade nominal. Esses resultados deixam claras a eficiência operacional e a solidez do relacionamento construído entre a Eldorado Brasil e seus clientes.

 

 

Energia verde

 

 


Uma das práticas sustentáveis de destaque da Eldorado Brasil é justamente a produção de energia 100% limpa, vinda de fontes renováveis como a biomassa de eucalipto.

 

 

Em 2019, foram 1.563.044,30 MWh gerados a partir dessa matriz, sendo: 759 mil MWh consumidos pela própria fábrica; 452 mil MWh vendidos para fornecedores de insumos químicos; e 370 mil MWh destinados ao sistema elétrico nacional. A geração de receita com a energia vinda da biomassa foi de R$ 91 milhões – 6,8% superior à de 2018. A empresa também deu sequência às obras da Usina Termoelétrica Onça Pintada, em Três Lagoas, que aumentará o volume de energia renovável a ser consumido pela população brasileira. A usina entrará em operação em janeiro de 2021.

 

 

Comunidades

 

 


No social, o apoio à agricultura familiar nos assentamentos em áreas de influência da Eldorado Brasil ganha força a cada ano, com a evolução do PAIS (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável), programa que proporciona desenvolvimento econômico e geração de renda nas comunidades. Realizado em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o programa segue beneficiando diversas famílias nos municípios de Três Lagoas e Selvíria (MS).

 

 

Durante todo o ano, a Eldorado Brasil adquiriu cerca de 19 toneladas de produtos orgânicos oriundos do PAIS. Todos os mantimentos foram consumidos no refeitório da fábrica e em restaurantes que atendem a companhia. É saúde na mesa dos colaboradores e renda para as famílias beneficiadas pelo programa.

 

 

O Relatório de Sustentabilidade 2019 completo está disponível neste link, dentro do site da companhia.