Dourados:

A prefeita Délia Razuk dialogou na manhã de quarta-feira com o superintendente do SEBRAE-MS (Serviço Brasileiro de Apoio as Pequenas e Micro Empresas), Cláudio Mendonça sobre uma parceria institucional para a implantação do programa Rede Simples visando facilitar a vida dos micros empresários (ME) e micro empreendedores individuais (MEI).
A reunião que aconteceu no gabinete da prefeita com as presenças dos secretários de Fazendo João Fava; de Agricultura Familiar Landmark Ferreira Rios e de Desenvolvimento Econômico Rose Ane Vieira; do vereador Braz Melo; da presidente da Associação Comercial, Elizabeth Salomão e Flávia Rosa, gerente do SEBRAE na região Centro-Sul de MS.
A Rede Simples vai diminuir o prazo para a tramitação de documentos das ME e MEIs estabelecendo diretrizes e procedimentos para simplificar e integrar os professos de abertura, alteração, baixa e legalização de empresários e pessoas jurídicas.
A prefeita Délia Razuk afirmou que a administração municipal está empenhada a apoiar os pequenos, pois segundo ela, as pequenas empresas e micro empreendedores são realmente aqueles que constroem a riqueza da cidade. Nesse sentido a prefeitura já nomeou um agente de desenvolvimento no âmbito da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico para dar suporte a Sala do Empreendedor.
Outra ação da Administração Municipal para apoiar as ME e os empreendedores individuais serão o enviou da Lei Geral das Pequenas e Médias Empresas para a análise e aprovação da Câmara Municipal. Minuta da lei está sendo analisada pela Procuradoria Geral do Município (PGM) para poder ser enviada ao Poder Legislativo.
O superintendente do SEBRAE elogiou o empenho da prefeita em apoiar os pequenos empresários afirmando que a Rede Simples vai garantir o aumento da arrecadação de impostos e circulação de dinheiro na economia local, gerando consequentemente emprego e renda.  A prefeita determinou AA sua equipe de governo agilidade para a formalização desta parceria com o SEBRAE.
Ainda não reunião Délia estabeleceu com o órgão a implantação do programa de Educação Empreendedora no âmbito da Secretaria Municipal de Educação nas escolas dos distritos ensinando os estudantes aspectos do empreendedorismo criando um ambiente propicio à cultura empreendedora, estimulando assim novos negócios na Zona Rural garantir a permanência dos jovens no campo.