Desempenho ambiental:

O pensamento sustentável sempre norteou a atuação da Copasul. Exemplo disso são ações práticas realizadas em suas unidades. Em 2015, depois de passar por uma auditoria no Sistema de Gestão ambiental, a Fiação Copasul havia se tornado a primeira Fiação do Mato Grosso do Sul a obter o Selo Ambiental do Programa Senai de Ecoeficiência (PSE). Na época, o selo conquistado foi o laranja, o que significou  ampliação de cerca de 3%  do benefício fiscal concedido pelo Estado.  Em 2016, veio mais uma importante conquista, a renovação do Selo e o avanço para a categoria Azul. O anúncio foi feito no dia 22 de dezembro, quando o Senai apresentou o resultado da auditoria para a Diretoria da Copasul e colaboradores da Fiação. 
O PSE contém cinco níveis de avaliação, sendo o selo Azul o 2º melhor. Este selo em específico concede ao estabelecimento industrial além dos ganhos na eficiência da gestão ambiental, a possibilidade de incrementar em até 4% os incentivos fiscais já concedidos.
“Através do Programa SENAI de Ecoeficiência – PSE, a indústria conhece melhor o seu desempenho ambiental e pode identificar as oportunidades para gerenciar de forma mais eficaz aspectos ambientais relacionados a matéria prima, água, efluente, energia, resíduos e emissões atmosféricas. Além disso, o selo conquistado demonstra à sociedade o comprometimento do estabelecimento industrial com a melhoria na gestão e eficiência dos aspectos ambientais. Os selos ambientais também podem agregar valor às estratégias mercadológicas do estabelecimento industrial, evidenciando os valores intrínsecos à gestão ambiental”, explicou a Coordenadora do Programa SENAI de Gestão Ambienta, Liliane Candida Corrêa.