Crime Ambiental:

Policiais Militares Ambientais de Bonito realizaram vistoria ontem (17) em áreas desmatadas ilegalmente em uma propriedade rural, localizada do município, à margem da rodovia MS 382, a 24 km da cidade. As áreas de supressão foram verificadas por imagem de satélites.
O proprietário da fazenda vistoriada suprimiu cinco áreas diferentes de 14,20 – 6,44 – 1,82 – 14,00 e 10,50 hectares, no total de 46,96 hectares de vegetação nativa, medidos em GPS, sem a licença ambiental. No local de onde fora retirada a vegetação já havia pastagem e a madeira retirada não se encontrava mais no local.
O infrator (71), residente em Bonito, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 47.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.
O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.