Conab contrata frete em leilão para remover 35,85 mil toneladas de milho.

 

 

Uma nova remoção de 35,85 mil toneladas de milho em grãos está prevista para diversos estados das regiões Centro-Oeste, Nordeste, Sudeste, Goiás e para o Rio Grande do Sul. Para isso, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizará, nesta sexta-feira (17), leilão público para contratação de frete com objetivo de remover o cereal localizado em Mato Grosso.

 

 

De acordo com o edital publicado no site da Conab, o produto está armazenado nas cidades mato-grossenses de Vera e Sorriso e terão como destino os estados da Bahia (Itaberaba e Ribeira do Pombal), Ceará (Crateús, Sobral, Tauá, Iguatu, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Russas e Morada Nova), Espírito Santo (Cachoeiro do Itapemirim), Goiás (Goiânia, São Luís de Montes Belos), Paraíba (Campina Grande, João Pessoa e Patos), Pernambuco (Recife), Piauí (Campo Maior, Teresina e Parnaíba), Rio Grande do Norte (Açú, Umarizal, Caicó, Currais Novos, Mossoró e Natal), Rio Grande do Sul (Cruzeiro do Sul) e São Paulo (Bernardino de Campos).

 

 

As empresas interessadas em participar devem comprovar que têm atividade econômica principal compatível com o serviço a ser realizado, que é o de transporte de carga, e estar regularmente cadastradas em uma Bolsa de Mercadorias. Além disso, é indispensável a inscrição em sistemas como o de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf), no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin), no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab (Sircoi) e no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican).

 

 

O transporte de milho realizado pela Conab tem como objetivo abastecer o Programa de Vendas em Balcão (ProVB), operado pela Companhia em todo o Brasil. Por meio dele, pequenos criadores de animais e micro agroindústrias têm acesso aos estoques de produtos agrícolas sob gestão da Companhia, a preços compatíveis com os praticados em pregões públicos ou com os dos mercados atacadistas locais.

 

 

Para mais detalhes sobre o leilão, clique aqui para acessar o Aviso de Frete nº 024/2020, na área de comercialização do portal da Conab.