Case IH continua com suporte contínuo aos produtores e à agricultura.

Diante das circunstâncias globais de saúde e das regulamentações governamentais, marca toma medidas para oferecer suporte à produção de alimentos.

 

 

A agricultura é um dos pilares mais importantes da sociedade, pois garante a produção de alimentos e matéria prima de grande necessidade. Por isso, a Case IH, marca da CNH Industrial, continua trabalhando para fazer com que a cadeia agrícola não seja interrompida.

 

 

A empresa alterou a sua forma de atuar, seguindo o isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde, mas oferecendo toda a assistência necessária para produtores em relação a peças, serviços de reposição e suporte técnico. Essa mudança foi adotada por conta da pandemia do Covid-19 e visa garantir a segurança de seus colaboradores, distribuidores, concessionários e clientes.

 

 

“Pela sua importância essencial, a produção de alimentos não pode parar e a Case IH permanece firme em seu compromisso com o bem-estar de nossos funcionários, clientes, revendedores e fornecedores, apreciando o esforço que cada um deles faz para superar a situação e retornar à normalidade o mais rápido possível. É por isso que, como marca, é nossa obrigação continuar dando todo o apoio necessário para as máquinas continuarem trabalhando e fornecendo 100% de resultados”, afirma Eduardo Penha, responsável pelo Marketing Comercial da Case IH.

 

 

Com as medidas adotadas, a marca analisou os possíveis riscos e conscientizou os clientes e concessionários sobre a importância da prevenção contra vírus e infecções. A Case IH reforça e oferece seus serviços de atendimento via telefone. O programa Max Case IH (0800-500-5000) oferece suporte avançado relacionado a eventuais problemas técnicos com as máquinas. Além disso, o envio de peças de reposição e a atenção às emergências mecânicas continuam sendo oferecidos pela rede de concessionários da marca, seguindo os protocolos e medidas sanitárias.

 

 

Para a realização desses serviços, a Case IH recomenda que os concessionários tomem medidas para garantir a segurança dos trabalhadores do campo, cumprindo a distância mínima estabelecida, higienizando cabines de máquinas e áreas comuns antes e depois dos trabalhos.