BIOELETRICIDADE:

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e o Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br) promovem o VII Seminário sobre Bioeletricidade, no dia 23 de agosto, durante a 25ª Fenasucro&Agrocana. A maior feira do setor sucroenergético será realizada entre os dias 22 e 25, em Sertãozinho (SP).
A proposta do Seminário é discutir a situação atual da bioeletricidade sucroenergética e perspectivas para o mercado. Entre os confirmados para os debates estão representantes do Ministério de Minas e Energia, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo entre outros.O gerente em Bioeletricidade da UNICA, Zilmar Souza, fará a coordenação dos debates. “Com o apoio da Fenasucro, consolidamos esse encontro, sempre colocando à mesa temas importantes e atuais. Neste ano, por exemplo, falaremos dos leilões que podem acontecer ainda em 2017, as alterações propostas para o marco regulatório do setor elétrico e a participação do biogás no Programa RenovaBio, entre outros”, comenta o executivo.Nesta edição, em comemoração aos 30 anos de cogeração de energia para a rede, as entidades farão uma homenagem às primeiras usinas que exportaram energia elétrica para o Sistema Interligado Nacional. São elas: São Francisco, São Martinho e Vale do Rosário, todas localizadas na região de Ribeirão Preto (SP).Para fazer a inscrição do VII Seminário CEISE Br/UNICA sobre Bioeletricidade, clique aqui.                                        Programação VII Seminário CEISE Br/UNICA sobre Bioeletricidade9h30 às 9h45Abertura – Boas-vindas por parte dos presidentes do CEISE-Br e da UNICA9h45 às 10h3030 anos de bioeletricidade para o Sistema Interligado Nacional (SIN) – Homenagem às usinas pioneiras na exportação de bioeletricidade para o SIN10h30 às 11h00RenovaBio e o biogás – Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, diretor do departamento de biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME)11h00 às 11h30Perspectivas para a bioeletricidade e o biogás – Newton Duarte, presidente-executivo da Associação da Indústria de Cogeração de Energia (COGEN)11h30 às 12h00A bioeletricidade e o Ambiente de Contratação Livre – Reginaldo Almeida de Medeiros, presidente executivo da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia Elétrica (ABRACEEL)12h00 às 12h15Debates12h15 às 12h30Entrega Simbólica do Selo Energia Verde UNICA/CCEE/ABRACEEL12h30 às 14h00Intervalo14h00 às 14h30Pellets de bagaço e palha de cana: perspectivas de mercado – Mark Lyra, presidente da Cosan Biomassa14h30 às 15h00Barreiras regulatórias para comercialização de eletricidade por usinas sucroenergéticas – Erik Rego, diretor executivo da Excelência Energética15h00 às 15h15O BNDES e o financiamento à bioeletricidade sucroenergética – Claudia Pimentel Trindade Prates, diretora da Área de Indústria e Serviço (AI) e da Área de Indústrias de Base (AIB) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)15h15 às 15h30Debates15h30 às 15h45Coffee Break15h45 às 16h15A importância da bioeletricidade para o Estado de São Paulo – João Carlos de Souza Meirelles, secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo16h15 às 16h45A bioeletricidade e o planejamento energético – José Mauro Ferreira Coelho, diretor de estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética (EPE)16h45 às 17h00Debates17h00Encerramento
 
Fonte: Unica